Amamentação reduz em 18% riscos de doenças cardiovasculares

Mães que amamentam seus filhos reduzem em 18% os riscos de apresentar doenças cardiovasculares, incluindo derrame e infarto. Os dados foram indicados em estudo do cardiologista L.K. Jha, da Índia.

Após pesquisar dados de 29 mil mulheres, o especialista observou que a amamentação tem resultados positivos para o peso, os níveis de colesterol e a pressão arterial. Além disso, os benefícios dobram quando a mãe amamenta duas crianças.

“A gestação altera significativamente o metabolismo”, comenta Jha. “O corpo armazena gordura, que será usada para o desenvolvimento do bebê e, mais tarde, para a amamentação. Esta, por sua vez, ajuda a eliminar esta gordura de forma mais eficiente – o que, por consequência, diminui as chances de manifestar problemas cardiovasculares.”

Em relação à saúde do coração, as mulheres precisam de cuidados redobrados. Fatores de risco incluem hipertensão arterial, tabagismo, obesidade, diabetes, sedentarismo e predisposição genética. Nestas circunstâncias, é recomendável consultar-se com um cardiologista a partir dos 30 anos.