Cartão de crédito de loja fideliza clientes e diminui inadimplência

Em meio ao cenário econômico atual, muitos comerciantes procuram maneiras de fidelizar novos clientes e estimular gastos dos consumidores antigos. Diante disto, o cartão de crédito de loja ou Private Label, aquele exclusivo que ostenta a marca do estabelecimento, surge como excelente alternativa. Com ele, é possível oferecer descontos e promoções em programas especiais a fim de consolidar um bom relacionamento e, mais do que isso, diminuir o risco de inadimplência: “os cartões deste tipo são desenvolvidos e customizados para atender às necessidades específicas da loja. É uma opção de crédito que traz rentabilidade para o negócio”, revelou Luis Augusto Barbieri, diretor comercial da Infox – especializada, entre outras soluções, em processamento para meios de pagamentos.

A rentabilidade é expressa em números. Segundo dados da Infox, o índice de referência em relação aos pagamentos nos cartões de crédito de loja dentre clientes atendidos pela empresa considera, em média, que 45% dos compradores irão pagar em dia, 40% optarão pela adesão ao rotativo – quando o consumidor não paga o valor integral da fatura, mas sim a parte que cabe no bolso, refinanciando automaticamente o restante, como em um empréstimo emergencial – e 15% pagarão em atraso.

Diferentemente dos temidos cheques sem fundo, neste caso, a inadimplência é um fator positivo para o varejista, pois configura receita crescente, proveniente justamente dos juros referentes ao atraso no pagamento.

O modelo é uma tendência. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), estima-se que os cartões de crédito de loja faturem R$ 155 bilhões em 2015, ultrapassando 2,2 bilhões de transações. Para os varejistas, a participação dos ganhos com serviços financeiros no mesmo período (juros e tarifas de cartões, seguros e empréstimos pessoais) pode chegar a 57% do faturamento total.

A Riachuelo, que conta com mais de 260 lojas em todo o Brasil, sabe como poucas utilizar a ferramenta a seu favor. Dos 4,7 bilhões de reais faturados em 2014, cerca de 60% foram obtidos em gastos efetivados pelos clientes com o cartão da marca. A gigante do varejo detém a maior carteira de clientes de cartão de crédito private label do país. São 25 milhões de plásticos emitidos e crescimento médio de três milhões de unidades ao ano.

“A oferta de crédito de uma loja por meio do cartão é a melhor maneira de estimular o aumento das vendas. A Infox oferece uma alternativa por meio da administração deste cartão próprio”, concluiu Barbieri.