Empresário sorocabano aposta no hobby de cantar para superar crise

Criado no Japão na década de 70, o aparelho de videokê foi a inspiração para o empresário Júlio Sanches abrir o próprio negócio há mais de 15 anos em Sorocaba. Porém, a fim de aumentar a visibilidade da empresa e alavancar as vendas, resolveu apostar em uma loja no Mercadão Campolim, que, segundo o próprio empreendedor, está num dos locais mais privilegiados da cidade.

“Decidimos mudar para ganharmos mais visibilidade, já que o Mercadão Campolim está no ponto mais nobre da cidade, possui estacionamento gratuito, segurança e fácil acesso. Mesmo com a crise, o mercado continua consumindo e, quem for capaz de superar essa fase difícil e estiver bem posicionado, terá sucesso certo”, ponderou.

A Videokê Sorocaba abrirá suas portas no próximo dia 1º de junho com produtos da marca Videokê para o consumidor final, empresas, hotéis e revendedores. Serão comercializados aparelhos de videokê, microfones, músicas para aparelhos e cabos, entre outros itens.

Júlio apostou neste segmento porque cantar, ainda que de forma amadora, é um hobby nacional, segundo ele. “O videokê dá oportunidade de as pessoas se sentirem cantores profissionais, mesmo que acompanhados por uma voz de fundo e uma banda eletrônica. É diversão garantida em festas de família e confraternizações de empresas”, disse.

Mais assuntos relacionados