Especialista indica quatro passos para uma cirurgia plástica segura

A cirurgia plástica tem o poder de transformar a vida das pessoas. Do adolescente complexado com o próprio rosto à mulher vítima de câncer que teve seu seio reconstruído graças ao procedimento. Porém, alguns cuidados são importantes para garantir uma cirurgia mais segura possível e com os melhores resultados. Eduardo Braga, diretor técnico do Instituto Braga e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), aponta quatro passos deste processo:

Pesquise sobre o tipo e a duração do procedimento: escolha um procedimento que é ideal para você. Pesquise extensamente e tenha expectativas realistas. Se você vai realizar diversos procedimentos, tenha certeza de que a cirurgia pode ser finalizada em uma quantidade segura de tempo.

Compartilhe seu histórico médico com o seu cirurgião: é essencial que o cirurgião plástico tenha um histórico e uma avaliação médica para determinar se você tem riscos de complicações ou se é um mau candidato a cirurgia estética. É essencial revelar quaisquer problemas de saúde ou procedimentos anteriores que você realizou. Omitir detalhes pode trazer sérias consequências.

Cirurgião: escolha um cirurgião que seja licenciado pelo conselho de medicina local (no Brasil o CRM e a SBCP), com experiência no procedimento pelo qual você vai passar e que possua excelente histórico médico de segurança. Verifique as credenciais de treinamento com o conselho de medicina do país dele.

Ambiente cirúrgico: os padrões variam de acordo com o país. Se a cirurgia será realizada em um hospital, tenha certeza de que o hospital é creditado ou credenciado pelos órgãos locais. Peça por informações de certificado e o nome do corpo de certificação.

Mais assuntos relacionados