Espera para doar sangue chega a 15 horas em Las Vegas (EUA)

Dias após o massacre de Las Vegas (EUA), quando o americano Stephen Paddock abriu fogo contra 58 pessoas, há uma pequena esperança para os sobreviventes e seus familiares.

Os hemocentros da cidade estão com filas impressionantes. Os doadores, todos voluntários, chegam a aguardar 15 horas para poder fazer sua parte neste momento de angústia e dor. “Os acontecimentos de domingo me lembraram da importância deste gesto”, declarou o arquiteto Brian Grill (62). A última vez em que ele doou sangue foi na década de 90.

Alguns interessados até mesmo agendaram sua doação para novembro, tamanha a oferta atual.

“A comunidade não quer apenas ficar sentada em casa, assistindo à televisão”, comentou Phillip Hollon, do Exército da Salvação. Ele ajuda, no momento, a coordenar as logísticas do estoque de sangue.

Outro residente, Bryan Dredla (26), chegou ao hemocentro às 6 da manhã. Porém, devido ao grande volume de presentes, ele só pôde realizar sua doação às 21 horas. No dia seguinte, ele retornou ao posto. “Oferecerei o quanto for necessário”, garantiu.

Seja também um exemplo!

A população sorocabana também precisa de voluntários!

Você pode doar sangue se estiver em boas condições de saúde, tiver entre 16 e 69 anos e pesar pelo menos 50 kg. É necessário portar documento de identidade original com foto e estar alimentado. Recomenda-se não ingerir comida gordurosa nas quatro horas anteriores e bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta.

As doações podem ser feitas de segunda a sábado, das 7h30 às 12h30, na Avenida Comendador Pereira Inácio, 564.