Estrela de Hollywood foi, também, a mente por trás da criação do Wi-Fi

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

A austríaca Hedy Lamarr tem um currículo inspirador. Nascida em 1914, ela atuou em Hollywood ao lado de grandes nomes, como Lana Turner e Judy Garland; ganhou uma estrela na Calçada da Fama; serviu como inspiração para Walt Disney desenhar a Branca de Neve e – o mais curioso – inventou a base para a tecnologia Wi-Fi e a telefonia celular.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a atriz – que era filha de pais judeus – criou, junto ao compositor e também inventor George Antheil, um elaborado aparelho de interferência em rádio, que serviria para despistar radares nazistas.

O conceito por trás do equipamento era que, se o emissor e o receptor mudassem constantemente de frequência, somente os dois poderiam se comunicar tranquilamente, sem serem interceptados pelo inimigo.

Em 1942, o método de alternância de frequências (“frequence hopping”) foi apresentado ao Departamento de Guerra dos Estados Unidos. Porém, naquela época, a ideia de trocar as 88 frequências a fim de despistar radares pareceu complicada demais.

Apenas em 1998 a tecnologia foi revisitada, servindo como base para a criação das conexões Wi-Fi e CDMA (de telefones celulares). A invenção não rendeu nenhum centavo a Hedy.

Talvez você goste destas notícias: