Hospital Santa Lucinda faz homenagem aos pais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Para comemorar o Dia dos Pais, o Hospital Santa Lucinda (HSL) promoveu uma série de atividades durante a primeira semana de agosto. Entre as figuras paternas homenageadas estavam pacientes, acompanhantes e funcionários em plantão. “Normalmente, é dado um enfoque grande às mães. Mas, da mesma forma, é de extrema importância reconhecer a nobre missão da imagem forte do pai na vida do filho. Não é por causa de um momento difícil, como em caso de internação, que a data precisa passar em branco”, declarou a enfermeira do Núcleo de Qualidade e Gerência de Riscos do HSL, Jenifer Lopes.

De acordo com a coordenadora do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), Josiani Freire de Barros Thomaz, o objetivo das ações é acolher os pais e promover valores do bem, além de propagar a humanização em todo o hospital. “A realização dos eventos reflete na melhora significativa no quadro geral do paciente, possibilitando uma vivência hospitalar menos traumatizante e fortalecendo vínculos entre o paciente, a família e a equipe do HSL”, destacou.

A apresentação do Coral Santa Cecília animou o começo da semana nas unidades de internação. Além do horário de visitas diferenciado, houve distribuição de lembrancinhas para pais internados e seus acompanhantes. A ação teve o acompanhamento de uma apresentação musical nos quartos e corredores do HSL, juntamente com uma mensagem especial.

O momento trouxe comoção aos pacientes e acompanhantes. O pai de Rosemary Giraldi, falecido há uma semana, foi lembrado nas lágrimas da filha, que acompanhava o marido, Ricardo Giraldo, após uma cirurgia ortopédica. “É uma dor muito recente. Impossível não me sentir tocada”, confessou. “A alegria vem pela boa recuperação do meu marido, que também é pai”, completou.

Com quatro filhos, nove netos e quatro bisnetos, Geraldo Seco, 74, recebeu a homenagem do hospital com muita alegria. “A gente fica até mais contente no pós-operatório”, disse, acompanhado pela esposa Josefa.

Já o Dia dos Pais de Rafael de Almeida fugiu um pouco dos planos, mas nem por isso deixou de ser especial. Seu filho, que havia completado uma semana de vida, nasceu prematuramente e precisará ficar por algum tempo na UTI Neonatal. “É um misto de felicidade e preocupação. Porém, estamos bastante felizes”, afirmou, ao lado da esposa, Jaqueline Leite de Camargo Almeida.

Talvez você goste destas notícias: