Iniciativa social revela atletas para a seleção sorocabana de futsal feminino

Criado em abril deste ano, o Projeto Social e Esportivo Maria José Vieira Stecca, da Construtora Alavanca, tem dado frutos para Sorocaba. A iniciativa, que promove atividades culturais e esportivas a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, já revelou dez atletas para a seleção sorocabana de futsal feminino (ASF/PMS/Ghimper Academia/Padaria Nova Padrão), entre elas, as irmãs gêmeas Lívia e Giulia Corrêa Vieira, de 14 anos.

A convocação surgiu há cerca de dois meses, após jogo amistoso entre o time do projeto social e a seleção de futsal. O técnico Braz Maciel, que comanda o time de Sorocaba, viu o talento das meninas e fez o convite logo após a partida. “O que me chamou a atenção na Lívia e na Giulia foi o entrosamento com a equipe e o compromisso tático que elas têm durante a partida. Não jogam individualmente, mas de forma coletiva visando sempre o resultado positivo. Isso é raro hoje em dia, pois, geralmente, o atleta busca mais se destacar dos companheiros com jogadas individuais e firulas”, explicou o técnico.

Com a seleção de futsal, as irmãs, que atuam na modalidade sub-15, conquistaram neste ano o terceiro lugar no Torneio Aberto de Futsal para Crianças e Adolescentes Cruzeiro do Sul, o Cruzeirinho, organizado pela Secretaria de Esportes e Lazer de Sorocaba (Semes) com apoio da Fundação Ubaldino do Amaral. “Choramos muito quando fomos convocadas, foi uma emoção enorme”, revelaram as gêmeas. A meta agora é disputar o Campeonato Paulista de Futsal Feminino, que começa em março do ano que vem. “A força de vontade dessas meninas é enorme e tenho certeza que podemos trazer ótimos resultados para Sorocaba. Mas, para isso, precisamos de mais apoiadores”, alerta Maciel.

Lívia e Giulia são apaixonadas por futsal desde a infância. O incentivo maior veio do pai, que sempre as estimulou à prática do esporte. “O convite para participar do projeto social chegou por um colega da escola, que já frequentava os treinos na Arena Alavanca. Como já treinávamos com o time do Sesi Sorocaba, decidimos participar deste também”. Apesar de sonharem com a carreira no futsal, as jovens não pensam em parar de estudar. “A gente não sabe o dia de amanhã, por isso é importante continuarmos estudando”, afirmam as meninas, que estão no oitavo ano do Ensino Fundamental. Ambas compartilham duas grandes paixões: a quadra de futsal e o Esporte Clube Corinthians Paulista. “Também somos fãs do jogador Falcão”, avisam.