La Doc recebe obras do Museu de Arte Contemporânea

O La Doc ampliou a parceria cultural com o Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS). O restaurante passa a abrigar, sempre às segundas-feiras, uma obra do acervo catalogado do museu. Alguns trabalhos foram doados por empresários e personalidades de Sorocaba, como a obra “Ofélia”, da artista Lúcia Castanho, que fica exposta em fevereiro.

Lúcia Castanho tem se dedicado a foto performances nas quais o objeto de estudo é a mulher e seus papeis na sociedade. A imagem de Ofélia, personagem de Shakespeare em Hamlet, retorna ao século XXI e provoca novas reflexões e representações visuais sobre a morte ou o desejo dela. A iniciativa integra o projeto “Cena Culturale” – jantar cultural que acontece todas as segundas-feiras no restaurante – e tem por objetivo mostrar um pouco do trabalho de catalogação do museu e seu acervo em formação.

De acordo com o sócio-proprietário do La Doc, Osmânio Luiz Rezende, a parceria com o MACS tem dado muitos frutos. “As doações oriundas do ‘Cena Culturale’ estão ajudando o museu a retomar as atividades de catalogação, o que, para nós, é motivo de muito orgulho e satisfação”, declara.

Cristina Delanhesi, presidente do Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba, explica que a documentação se faz de duas maneiras: fotográfica e escrita à mão e digitalmente por meio de um software. “A catalogação contém todas as informações da obra, desde seu autor e ficha técnica, como foi aceita ou adquirida pelo museu, a lugares onde ela já foi exposta e publicações sobre a mesma”. Cristina ressalta a importância deste processo de identificação e registro dos trabalhos. “É uma forma de preservarmos sua identidade”, aponta.

O “Cena Culturale” surgiu em julho de 2014 com a proposta de ajudar o MACS a construir a história da arte contemporânea brasileira em Sorocaba. No projeto, o lucro líquido dos jantares são revertidos integralmente ao museu, que destina este recurso para os trabalhos de conservação e registro do acervo.

Menu
Preparado em todos os seus detalhes por Osmânio Rezende, um dos mais respeitados profissionais da enogastronomia paulista, o novo menu consegue unir arte e gastronomia de uma maneira ímpar, na qual a finalização dos pratos é, indiscutivelmente, uma verdadeira obra de arte.

Assim, o cardápio do “Cena Culturale”, promovido às segundas-feiras pelo La Doc, contempla pães tradicionais e integrais e patês feitos na casa; salada de folhas com presunto cru italiano e figo fresco grelhado com balsâmico; polenta italiana branca e amarela com lulas frescas e alcachofras; massa recheada com mozarela de búfala ao molho de tomate e “pesto”; pescada amarela com crosta de pistache e mini arroz com alcachofras; mignon grelhado ao molho de vinho tinto, “pancetta” e cebolinha; e massa folhada com creme “pasticcera”, mirtilo e framboesa. O custo é de R$ 120. Reservas e mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3224-4747 ou pelo e-mail: reservas@ladocgastronomia.com.br.

Mais assuntos relacionados