Médico salva bebê prematuro que, 30 anos depois, retribui o favor

Em 1985, o pediatra americano Michael Shannon dedicou incalculáveis horas para cuidar de um bebê prematuro chamado Chris Trokey. Pesando 1,5 kg, o recém-nascido tinha somente 50% de chances de sobrevivência.

Três décadas depois, Chris retribuiu o favor.

No começo desta década, Michael foi vítima de um grave acidente de trânsito. Uma equipe de resgate o socorreu do seu veículo em chamas. Coincidentemente, um dos paramédicos era o próprio Chris.

De acordo com a emissora KTLA, da Califórnia (EUA), a ironia do destino só foi percebida mais tarde, no hospital em que Michael ficou internado durante 45 dias. O médico declarou: “É incrível ver estes bebês crescerem. Porém, é ainda mais excepcional quando eles voltam para a sua vida num dia em que você realmente precisa de ajuda”.

Chris, por sua vez, já se tornou pai de um garotinho. E, é claro, Michael é o pediatra da criança. ♥

Mais assuntos relacionados