Pediatra atravessa furacão Harvey numa canoa, para cirurgia de emergência

Em meio ao furacão Harvey – que provocou a mais intensa chuva dos últimos 60 anos nos EUA -, o pediatra americano Stephen Kimmel subiu numa canoa para atender uma emergência. O médico reside em Houston, considerada a quarta maior metrópole do país.

Desde 25 de agosto, a cidade se encontra, literalmente, debaixo d’água. 

Stephen foi chamado na manhã de sábado (26) pela equipe do Clear Lake Regional Medical Center. Ele seria responsável por operar um adolescente com torção testicular. Caso não recebesse tratamento imediato, o paciente sofreria danos permanentes.

No caminho até o hospital, o carro do pediatra foi tomado pela enchente.

Devido à força das águas na rodovia interestadual 45, Stephen não poderia seguir em frente. Mas, para sua sorte, dois bombeiros voluntários ofereceram uma carona em seu caminhão. Mais tarde, quando a correnteza impossibilitou o veículo de se movimentar, o trio subiu num bote.

O trajeto final, de pouco mais de um quilômetro, foi feito a pé pelo médico. A água já estava na altura da sua cintura.

Molhado da cabeça aos pés, ele chegou ao hospital, trocou de roupa e seguiu para a sala de operações. “A vida deste jovem poderia ter mudado para sempre – e para pior – se não tivéssemos realizado a cirurgia. No fim das contas, deu tudo certo”, comemorou Stephen.

Mais assuntos relacionados