Por que o GPS é grátis? Quem o financia?

Os satélites responsáveis pelo serviço de GPS são mantidos pelos EUA e financiados por meio da arrecadação de impostos.

Um pouquinho de história…

Originalmente, o serviço de GPS era restrito aos militares americanos. A proposta era ajudar mísseis a encontrar seus alvos. Por questões estratégicas e de segurança nacional, os civis não tinham acesso ao recurso de geolocalização.⠀

Porém, em 1983, um incidente mudou o rumo da história – e possibilitou que, hoje, existam aplicativos como o Waze e o Google Maps.

Naquele ano, um SU-15 soviético derrubou um jato de passageiros coreano, que havia adentrado o espaço aéreo proibido da União Soviética.

Os EUA compreenderam que essa tragédia poderia ter sido evitada se mais países pudessem usar o GPS e obter informações privilegiadas.

Deste modo, o presidente Ronald Reagan liberou o sistema ao público em 16 de setembro de 1983. Mas havia uma pegadinha: a precisão era de 100 metros, para garantir uma vantagem competitiva ao Exército americano.

Em 2000, Bill Clinton assinou um projeto de lei que assegurava a alta precisão do GPS. A partir daí, ele começou a se popularizar por todo o mundo.

Mais assuntos relacionados