Sociedade Médica homenageia 1ª turma de medicina da PUC-SP

A Sociedade Médica de Sorocaba (SMS) promoveu, na manhã do dia 26/11, homenagem aos 60 anos de formatura da primeira turma de medicina da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) da PUC-SP.

O evento, que também foi organizado pelos homenageados Edgard Steffen, Diana Tannos e João de Campos Aguiar Filho, iniciou com o encontro dos ex-alunos e seus familiares na biblioteca da faculdade, seguindo com uma cerimônia ecumênica de ação de graças e coquetel comemorativo. A reunião propiciou o reencontro de amigos e ex-colegas de classe, além de resgatar a memória da pioneira turma.

“Foi uma ocasião oportuna para reunir o grupo novamente e confraternizar. Celebrar 60 anos de formatura é uma dádiva e merece uma bela comemoração”, declarou o presidente da Sociedade Médica, Jefferson Delfino.

Para o vice-presidente da SMS e presidente do Sindicato dos Médicos de Sorocaba e Região (Simesul), Eduardo Cruells Vieira, “foi uma honra estar com pessoas tão distintas e que já fizeram tanto pela medicina”.

“Sessenta anos é uma vida. É um privilégio participar da homenagem a colegas que exerceram a medicina com o coração e inauguraram uma nova safra de profissionais. Médicos que saíram da PUC-SP para exercer o ofício em todo o Brasil e alunos pioneiros que hoje, profissionais formados, ainda têm aquele brilho nos olhos e espírito jovial”, disse Vieira.

Luiz Ferraz de Sampaio Neto, ex-diretor e atual docente da faculdade, marcou presença no evento representando o pai, Luiz Ferraz de Sampaio Júnior, falecido há 28 anos e que fez parte da primeira turma. “Fiquei emocionado por rever os seus antigos colegas, sobre os quais muitas histórias eu já tinha ouvido falar. E sobretudo porque hoje sou professor da faculdade em que eles se formaram. Isso dá a sensação de que hoje somos nós que carregamos a tocha acesa por eles; é uma continuidade positiva que se perpetua no ensino da medicina”, declarou.

Mais assuntos relacionados