fbpx
vídeos em redes sociais

No Facebook, o que é melhor: fazer upload dos seus vídeos ou compartilhá-los via YouTube?

Quer gerar engajamento e mais curtidas no seu Facebook? Os vídeos são o caminho certo! Para se ter ideia da dimensão desta mídia, o YouTube é, atualmente, o segundo maior mecanismo de busca online.

A Forbes traz três dados impressionantes sobre este assunto:

  • A cada segundo, 17 mil horas de conteúdo em vídeo devem ser trocadas entre os IPs pelo mundo até 2021;
  • Os millenials (25-34 anos) assistem à maior parte dos vídeos online;
  • Homens tendem a passar 40% mais tempo do que as mulheres acompanhando vídeos online.

Se a sua estratégia incluir divulgação no Facebook e YouTube, você provavelmente imagina que o caminho mais fácil é fazer o upload no YT e, posteriormente, compartilhar seu link no FB.

Porém, mostramos abaixo por que você deveria considerar subir seu material em ambas as plataformas, separadamente:

Autoplay

O Facebook oferece o interessante recurso autoplay no feed de notícias. É verdade, existe a possibilidade de desabilitá-lo – mas muitos usuários não o fazem. Com isso, ao rolarem a tela e chegarem ao seu vídeo, instantaneamente, ele começará a rodar.

Aparência

Considere sua própria experiência como usuário. Quando publicados no Facebook, os vídeos ocupam um espaço maior na tela e oferecem mais informações sobre seu conteúdo. São, naturalmente, mais atraentes do que um simples link externo para o YouTube, com um título e uma pequena foto em miniatura.

Facilidade

Às vezes, cliques podem ser vistos como obstáculos. Em smartphones, clicar no link externo para o YouTube significa abrir um novo aplicativo – o que desanima alguns usuários, acredite! Simplifique as coisas. Voltando ao recurso autoplay: se o seu vídeo carregar automaticamente, é mais provável que o usuário pare o que está fazendo para assistir (nem que seja a um trechinho só!).

Algoritmos

Se você ainda não estiver convencido, trazemos a cartada final: o Facebook e o YouTube são plataformas concorrentes. Portanto, o algoritmo do FB sempre priorizará o material publicado nativamente (isto é, usando sua própria plataforma).

    Faça um comentário: