Morador de rua ajudou a salvar crianças na Arena Manchester

Na noite de segunda (22), um atentado suicida deixou mais de 20 mortos e quase 60 feridos na Inglaterra. A explosão atingiu, principalmente, crianças e jovens que se concentravam na Arena Manchester para assistir ao show da cantora Ariana Grande.

Em meio à comoção, um morador de rua identificado como Steve correu para socorrer as pessoas presentes. “O fato de eu estar desabrigado não significa que não tenho coração ou que não seja humano”, comentou.

“Faz parte do instinto ajudar quem precisa de você. Havia inúmeras crianças sangrando, gritando e chorando.” O relato prosseguiu de forma emocionante. “Foi preciso tirar pregos dos braços dos pequenos”, relembrou Steve.

Na manhã de terça (23), o Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado. A garotinha Saffie-Rose Roussos, de 8 anos, foi a última vítima a ser reconhecida pelo público.

Mais assuntos relacionados